Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Suspeito de duplo homicídio fica em prisão preventiva

O Tribunal de Valpaços decretou hoje a prisão preventiva para o homem de 65 anos suspeito do duplo homicídio que ocorreu sábado na aldeia de Avarenta, naquele concelho.

-PUB-

As vítimas são um casal, a mulher de 49 anos e o homem de 52, que foram encontradas baleados num terreno agrícola na localidade de Avarenta, freguesia de Carrazedo de Montenegro, para onde tinham ido trabalhar.

O suspeito foi hoje presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais grave, a prisão preventiva.

O homem foi detido na terça-feira por elementos do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real.

Segundo disse a PJ, em comunicado, “o arguido, munido de uma arma de fogo, terá disparado em direção às vítimas, provocando-lhe a morte imediata”.

O suspeito é cunhado das vítimas e no sábado já tinha sido interrogado pela PJ de Vila Real.

No domingo realizou-se uma operação na aldeia que envolveu elementos da PJ e GNR, durante a qual foram encontrados uma arma e umas luvas, numa zona próxima do local onde ocorreu o duplo homicídio.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.