Terça-feira, 21 de Maio de 2024
No menu items!

Teatro destaca artistas locais na programação dos próximos três meses

O Teatro Municipal de Bragança (TMB) vai ter uma agenda “muito vocacionada para a abertura à comunidade artística local” durante os próximos três meses, disse hoje o diretor, João Cristiano Cunha, na apresentação da programação de maio a julho.

-PUB-

“Temos o teatro aberto, em que vêm os três agrupamentos de escolas [do concelho] e a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança fazer a sua mostra. Temos três festivais de tunas e dois espectáculos do Conservatório de Música e Dança de Bragança que assina, tal como o TMB, 20 anos este ano”, enumerou aos jornalistas João Cristiano Cunha.

No total vão ser 29 espectáculos, que vão das danças urbanas à música tradicional, envolvendo ainda o Encontro Internacional de Coros e a presença dos The Gift.

O teatro também tem agenda fora de portas. O Cristiano Cunha destacou a rubrica “O artista vai à escola”, anteriormente feita durante as residências artísticas do “Café Duplo”, projeto em parceira com o Convento São Francisco, de Coimbra, seguindo o registo intimista, que se mantém na agenda do teatro.

Para a vice-presidente do município brigantino, Fernanda Vaz Silva, responsável pelo pelouro da cultura, este “é um complemento importante para que se consolidem os públicos e que as crianças e jovens percecionem o teatro como um espaço de cultura e de aprendizagem”, explicou, acrescentando que, além das escolas, o teatro quer abarcar, com a programação e as atividades, a restante comunidade da região.

O diretor do TMB destacou ainda uma oficina de danças urbanas, com Catarina Pinto, de Bragança, marcada para 18 de maio, e o “Projeto Adélia”, composto por artistas locais, ligado à música tradicional, que atua no dia anterior.

A 08 de junho acontece o XVII Encontro Internacional de Coros, com coros infantojuvenis, sendo o anfitrião o Coral Brigantino Infanto-juvenil.

“Desde que exista qualidade, acho sempre interessante dar palco aos nossos artistas. Teremos um conjunto de 29 espectáculos, 12 dos quais para a comunidade local, quatro com récitas duplas. Temos uma grande diversidade, quer de público quer de propostas”, enfatizou João Cristiano Cunha.

No dia 06 de julho, seguem as comemorações das duas décadas de existência do TMB.

Depois de em janeiro ter inaugurado a “parede da fama”, com 20 mensagens recolhidas desde 2020, altura em que o teatro passou a ter livro de artistas, desta vez o assinalar da efeméride vai ser feito “fora de portas e num local emblemático” da cidade, o castelo.

“Vamos ter o ‘Coral Histórico’ com os The Gift. A entrada é livre”, revelou João Cristiano Cunha.

Na apresentação da agenda de maio, junho e julho, foi ainda revelado que, entre janeiro e abril, o TMB contabilizou 35 espectáculos, em 44 sessões, mobilizando um total de 8.545 espectadores, numa média de 88% de lotação.

A programação completa até julho já está disponível para consulta, e os bilhetes foram hoje colocados à venda, em formato presencial ou através da internet.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS