Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Técnicos florestais espanhóis ensinam a apagar fogos

No âmbito de um protocolo celebrado entre a Direcção Geral dos Recursos Florestais (DGRF) e a Forestis, desenvolveu-se uma acção de Formação de Defesa da Floresta Contra Incêndios, para técnicos da Sub-Direcção Geral de DFCI da DGRF de todo o País. Esta iniciativa foi monitorizada por especialistas espanhóis da região da Catalunha, nomeadamente, os Bombeiros […]

PUB

No âmbito de um protocolo celebrado entre a Direcção Geral dos Recursos Florestais (DGRF) e a Forestis, desenvolveu-se uma acção de Formação de Defesa da Floresta Contra Incêndios, para técnicos da Sub-Direcção Geral de DFCI da DGRF de todo o País.

Esta iniciativa foi monitorizada por especialistas espanhóis da região da Catalunha, nomeadamente, os Bombeiros DRAFT e da Empresa “Terra del Bosc”.

Os técnicos elegeram, pela enorme riqueza florestal que tem, o Perímetro Florestal do Barroso, em Ribeira de Pena, como base de trabalho para o exercício de planeamento, participando os respectivos formandos e formadores desta acção.

O momento foi aproveitado para se efectuar uma visita de observação às Faixas de Gestão de Combustíveis criadas, conjuntamente, pelas 4 Equipas de Sapadores Florestais da Associação Florestal de Ribeira de Pena. Estes meios de defesa fazem parte do Serviço Público anual atribuído pela DGRF para a realização de trabalhos de silvicultura preventiva.

A comitiva foi recebida pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena, técnico florestal que, durante anos, assegurou a gestão daquelas áreas florestais. No final, foram distribuídas lembranças de produtos e informação alusiva ao Município.

 

Jmcardoso

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.