Quarta-feira, 16 de Junho de 2021

“Temos que reivindicar mais”

A Eurocidade Chaves-Verín, AECT, comemorou o Dia da Cooperação, assinalado a 25 de setembro, através de um ato simbólico que consistiu na plantação de duas árvores junto ao quilómetro zero da Eurocidade. 

-PUB-

As duas árvores representam os dois países, Portugal e Espanha e simbolizam, para Pablo Rivera, secretário executivo da Eurocidade Chaves-Verín, a unidade entre os dois países. “Este ato simbólico representa os sentimentos do pessoal da área sanitária dos dois países que tem lutado muito ao longo desta pandemia que assolou todo o mundo, mas principalmente os territórios de fronteira que, de março a julho, estiveram encerradas influenciando e prejudicando os fluxos de cooperação e os trabalhadores transfronteiriços”, referiu. 

Em representação da autarquia de Chaves esteve o vereador com a pasta do ambiente, Vítor Santos, que deixou duras críticas aos atos simbólicos que “se vão repetindo”. Sendo a Eurocidade Chaves-Verín a Eurocidade da Água, o vereador deu

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.