Sábado, 17 de Abril de 2021

Tiago Olhero vence Torneio ATM Porto

Realizou-se a 1 e 2 de fevereiro, em Santo Tirso, o 44º Torneio Aberto da ATM Porto, este ano em versão internacional, sendo mais uma prova do Circuito Nacional para Jovens, com a classificação de nível A, para efeitos do Ranking da FPTM.

Tiago Olhero, do CCR Arrabães, foi o grande vencedor da prova de infantis, tendo derrotado na final Dinis Ye, do Guilhabreu, por 3 a 1.

Confirmou, mais uma vez, porque é que constitui uma aposta séria da Federação na constituição das seleções portuguesas do futuro, sendo que desde já irá representar Portugal nos Jogos do Mediterrâneo a realizar em Março em Ligano-Itália, onde concorrerá no escalão de sub-15, escalão onde ainda não pertence e de facto só entrará na próxima época.

A prova de juniores foi marcada pela ausência, por lesão, de Alexandre Queirós, um dos candidatos à vitória final, em prova ganha por José Magalhães do Gondomar. É ainda de destacar o terceiro lugar obtido por Mafalda Queirós em Juniores, tendo apenas sido derrotada nas meias finais, pela vencedora do Torneio, Inês Matos do Boa Hora (Lisboa), a atleta portuguesa com melhores resultados em termos internacionais, no escalão sub -15.

Na prova de cadetes, único escalão onde o Arrabães esteve na disputa da prova por equipas, quedou-se pelo quarto lugar em masculinos e femininos, um pouco abaixo das expectativas.

Individualmente, a iniciada Margarida Conde e o cadete Afonso Queirós perderam,  respetivamente, com os mirandelenses Maria Ruivo e Rafael Kong, nos quartos de final, ficando no 5º lugar.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.