Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2024
No menu items!

Tiago Reis vence Baja TT Norte de Portugal

Prova decorreu nos últimos três dias nos concelhos de Valpaços, Murça e Macedo de Cavaleiros

-PUB-

Tiago Reis/Valter Cardoso, em Toyota Hilux, venceram a segunda edição da Baja TT Norte de Portugal, que decorreu este fim de semana nos concelhos de Valpaços, Murça e Macedo de Cavaleiros, reforçando a liderança do Nacional de Todo-o-Terreno.

Este domingo, o piloto de Famalicão não deu hipóteses aos seus mais diretos adversários, triunfando nos dois setores seletivos, batendo João Dias/João Miranda (Can-Am) por 1.44,3 minutos. João Ramos e Pedro Ré (Toyota) ficaram na terceira posição, a 2.30,8 minutos do vencedor.

“Hoje entramos muito focados e com o objetivo de vencer. Estamos muito contentes. Fazemos um balanço muito positivo. São pontos importantes para o campeonato”, adiantou Tiago Reis.

Na categoria T2, Fernando Barreiros e Paulo Torres confirmaram o favoritismo, triunfando categoricamente. João Dias/João Miranda (Brp-Canam Maverick X3) venceram entre os T3 e Rui Farinha/Rui Pita (BRP-Can Am Maverick X3) nos T4. Já a dupla Nuno Matos/Ricardo Claro (Opel Mokka) ganhou a categoria T8.

Com o apoio dos municípios de Valpaços, Murça e, este ano também, de Macedo de Cavaleiros, o presidente do CAMI Motorsport faz um balanço positivo da edição deste ano da Baja TT Norte de Portugal. “No cômputo geral, os pilotos gostaram da prova. Estamos aqui para que a Baja se afirme, cada vez mais, e traga valor acrescentado a todo o campeonato e aos municípios desta região. É uma prova para continuar. Vai afirmar-se, cada vez mais, como a grande prova de todo-o-terreno, a nível nacional”, afirmou.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

MAIS ARTIGOS

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS