Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021

Trabalhadores do Casino em greve

“Aumento salarial, subsídio de turno, 25 dias de férias e melhores condições de trabalho”.

-PUB-

Estas são as reivindicações que os trabalhadores do Casino de Chaves fazem à administração da Solverde Espinho/Chaves e os motivos que levou o Sindicato dos Trabalhadores das Salas de Jogo (STSJ) a convocar a greve entre sexta feira e domingo. 

A Voz de Trás-os-Montes falou com um dos funcionários da casa de jogo flaviense que referiu que o Casino de Chaves “explora os trabalhadores” e que “apenas cumpre com o obrigatório”. 

A greve contempla apenas aqueles que trabalham na sala de jogo, em profissões que não são abrangidas pelo regime geral do trabalho. 

“O nosso contrato coletivo de trabalho saiu em 2006 e desde então que ainda não se sentaram à mesa com o sindicato para atualizarem os

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.