Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Tresminas e Estoril firmam geminação com projectos comuns

As freguesias de Tresminas e do Estoril firmaram, no sábado, uma geminação, para aprofundar os laços de amizade, nomeadamente com projectos comuns, identificativos das localidades envolvidas. Vindas da Grande Lisboa, muitas pessoas confraternizaram, no fim-de-semana, essencialmente com os conterrâneos que residem na freguesia aguiarense. A recepção da comitiva ocorreu nos Paços do Concelho em que […]

As freguesias de Tresminas e do Estoril firmaram, no sábado, uma geminação, para aprofundar os laços de amizade, nomeadamente com projectos comuns, identificativos das localidades envolvidas.

Vindas da Grande Lisboa, muitas pessoas confraternizaram, no fim-de-semana, essencialmente com os conterrâneos que residem na freguesia aguiarense. A recepção da comitiva ocorreu nos Paços do Concelho em que o Salão Nobre se encheu, para o primeiro acto público, entre os responsáveis envolvidos. O anfitrião, Domingos Dias, recebeu os autarcas Fernando Marques, de Tresminas, e Luciano Mourão, de Estoril, e, à tarde, firmou-se a geminação, para cimentar intercâmbios recreativos, culturais e desportivos.

Após a entrega das primeiras lembranças e a declamação de um poema, sobre as origens da terra, os presentes deslocaram–se até à Casa Florestal de Cevivas, onde decorreu um almoço de convívio. Dado que a chuva e o nevoeiro foram intensos, a visita ao Complexo Mineiro ficou adiada e, neste sentido, foi antecipada a cerimónia de geminação.

Depois do descerrar da placa de geminação e descrição das bandeiras de Tresminas e Estoril, os responsáveis foram consensuais, nas dissertações, sublinhando “os laços afectivos” existentes entre as respectivas freguesias e augurando que “esta geminação dê frutos, no futuro”.

Seguiu-se a troca de oferendas, entre os responsáveis, complementado por um cumprimento selado com registo fotográfico. O convívio entre os locais e os aguiarenses que residem no Estoril, bem como amigos e convidados, foi aprofundado, até ao dia seguinte, com a certeza de mais permutas sócio-culturais.

 

João Cláudio

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.