Terça-feira, 30 de Novembro de 2021

UGT cancela comemorações do 1.º de Maio em Vila Real

A UGT cancelou hoje as comemorações do 1.º de Maio, que este ano estavam marcadas para Vila Real, para evitar riscos de propagação do novo coronavírus.

-PUB-

"Face ao estado de alerta em que se encontra o país, e perante as medidas excecionais a ter em conta, com o claro objetivo de evitar riscos de propagação e contaminação das nossas populações pelo coronavírus, o Secretariado Executivo da UGT decidiu cancelar as comemorações do 1º de Maio, Dia do Trabalhador, agendadas para Vila Real", disse a central sindical numa nota de imprensa.

A UGT decidirá oportunamente como irá assinalar o 1.º de Maio, "para que a data seja devidamente dignificada".

Foi igualmente adiada a reunião do Secretariado Nacional de dia 27 de março, a realizar em Aveiro, para o dia 28 de abril.

"Tais decisões enquadram-se no esforço nacional de defesa da saúde e da vida dos portugueses, estando a UGT totalmente empenhada no acompanhamento da situação junto dos seus filiados e com o Governo e restantes parceiros sociais central", justificou o secretariado executivo da central.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.