Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

“Verdes” confrontaram ministro sobre ULS do Alto Tâmega

Recomendação da Assembleia da República já tem mais de quatro anos, mas criação da nova unidade ainda não avançou. “Os verdes” lamentaram que o assunto não tenha merecido do ministro “nem uma palavra”

-PUB-

Uma “falta de respeito” com os cidadãos mas também com a Assembleia da República, foi de forma que o deputado do Partido Ecologista Os Verdes (PEV), José Luís Ferreira, classificou o facto da criação da Unidade Local de Saúde (ULS) do Alto Tâmega ainda não ter saído do papel.

O deputado dirigiu-se ao ministro da Saúde, no dia 7, durante um debate de urgência sobre a situação da saúde em Portugal, lembrando que “há cerca de quatro anos, foi aprovada por unanimidade na Assembleia da República uma recomendação que previa a criação da unidade de saúde em causa, assim como a tomada de medidas relativas ao Hospital de Chaves”.

“Apesar da publicação da resolução em abril de 2011, ainda nada foi feito no sentido de respeitar o documento aprovado no Parlamento, prejudicando, desta forma, o direito e o acesso à saúde das populações de Trás-os-Montes”, defendeu José Luís Ferreira.

O PEV lamenta que o ministro não tenha respondido às questões colocadas pelo deputado e esperam que, “em breve, sejam anunciadas medidas para, respeitando as decisões tomadas pelo Parlamento e, ainda, as populações visadas, dar seguimento à referida Resolução”.

De recordar que em 2011 foram entregues à Comissão de Saúde da Assembleia da República uma petição com mais de quatro mil assinaturas em defesa da criação daquela ULS, bem como quatro projetos resolução apresentados pelos grupos parlamentares dos vários partidos, acabando por ser aprovada, por unanimidade, uma recomendação ao Governo para a concretização da Unidade.

De recordar que a criação da ULS foi proposta pela primeira vez, pela Câmara Municipal de Chaves, em 2006, na mesma altura em que decorria o processo de integração hospital flaviense no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 

Deputado ecologista em Vila Pouca de Aguiar

O deputado ecologista, José Luís Ferreira, vai deslocar-se a Vila Pouca de Aguiar para participar no encontro que a CDU vai organizar no próximo sábado, dia 16, sob o lema “Trabalho, Honestidade e Competência. No Concelho e no País, soluções para uma vida melhor”.

Neste encontro, marcado para as 15h00, na junta de freguesia da sede do concelho, a coligação pretende “abordar questões locais que afetam a qualidade de vida das populações de Vila Pouca de Aguiar”, bem como “proceder a uma discussão sobre a situação política nacional na procura de soluções para o país, tendo em vista as próximas eleições legislativas e a necessidade de reforçar” a CDU.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.