Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vila Real A, 15 | Aguiarense, 1

Na Zona Norte, o despique entre o Abambres A e o Chaves A começa a despertar para ver qual vai ser a formação mais realizadora. O Ribeira de Pena surpreendeu ao vencer a AD Flaviense; o Vidago foi até Sabroso alcançar a vitória. Na Zona Centro, destaque para a goleada imposta pelo S. C. Vila Real ao Aguiarense; nos restantes confrontos, supremacia das turmas visitadas. Na Zona Sul, o Caça e Pesca e a Diogo Cão alcançaram vitórias em terreno alheio; o Santa Marta levou a melhor sobre o Alijoense; a surpresa surgiu no Campo da Feira Velha com a derrota do Vila Real B, que assim desceu uns furos na tabela.

-PUB-

A formação da casa entrou no encontro praticamente a vencer, uma vez que Fábio Vianna inaugurou o marcador logo na jornada inaugural. A resposta da formação adversária surgiu ao minuto 6, através de Hélder, que obrigou o guardião Sandro a uma boa intervenção. Os alvi-negros eram os mais esclarecidos e, aos 10’, Fábio Vianna com forte remate, de pé esquerdo, elevou a contagem. O futebol era todo direccionado à baliza aguiarense e foi com naturalidade que José Ricardo, aos 13’, e José Eduardo, aos 14’, fizeram o gosto ao pé. A pressão dos locais era uma constante, apesar da réplica interessante dos aguiarenses, que demonstravam muito empenho, mas não apresentaram as soluções necessárias para contrariar o maior poderio do adversário. Ao que soubemos, os aguiarenses não têm condições para treinar durante a semana, o que dificulta em muito o trabalho do seu técnico.

Voltando ao jogo, José Eduardo, aos 22’, fez o golo mais bonito do encontro. De seguida, José Ricardo apareceu “endiabrado” e, no espaço de dois minutos, obteve mais dois golos. Os aguiarenses bem mereciam ter ido para o intervalo com um resultado bem diferente, uma vez que tiveram duas ou três oportunidades para desfeitear o guardião adversário.

A segunda metade, os golos dos vila-realenses surgiram em catadupa, com o resultado final muito desnivelado, 15 – 1.

Na turma aguiarense, destaque para a prestação de Hélder, um jovem que vai merecer uma atenção especial dos clubes mais credenciados.

Na formação da casa, o destaque vai para José Ricardo pelos seus sete golos e pela sagacidade que demonstra pela baliza adversária.

Boa arbitragem

 

Ficha Técnica

 

Jogo no Campo do Calvário, em Vila Real.

Árbitro: Mário Monteiro, de Vila Real.

Vila Real A: Sandro; Luís Mesquita, Marco, Tiago, Rafael Machado, José Eduardo, Jota, Carlos Jorge, José Ricardo, Carlos Seixas, Fábio Vianna e Alex.

Treinador: Nuno Martins.

Capitão: Alex.

Aguiarense: Francisco; Ivan, Daniel, José Eduardo, Hélder, José Borges, Ricardo, Duarte e Xavier.

Treinador: Rui Ralha.

Capitão: Xavier.

Ao intervalo: 7-0.

Marcadores: Fábio Vianna (2’, 10’ e 36’), José Ricardo (13’, 26’, 27’, 31’, 45’, 46’ e 55’), José Eduardo (14’, 22’ e 53’), Hélder (39’), Jota (52’) e Carlos Jorge (54’).

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.