Sábado, 2 de Julho de 2022

Vila Real celebrou o Dia Mundial do Coração

“Há mais doenças cardiovasculares porque as pessoas continuam a ter hábitos não saudáveis e a prevenção não está a atuar como devia”.

Vila Real acolheu, na passada sexta-feira, nos Claustros do Palácio do Governo Civil, junto ao posto da PSP, a apresentação do projeto Salva-Vidas, promovido pela Fundação Portuguesa de Cardiologia no âmbito da celebração do Dia Mundial do Coração. Preocupado com os números de mortes, em Portugal, associadas a doenças cardiovasculares, este projeto integra uma campanha nacional de sensibilização das pessoas para a morte súbita, que mata, todos os anos, mais de 10 mil portugueses. Esta iniciativa prende-se com o objetivo de equipar “espaços com um fluxo significativo de pessoas com um Kit Salva-Vidas composto por um desfibrilhador com reanimação e a respetiva formação em Suporte Básico de Vida e primeiros-socorros, de forma a que “seja

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.