Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Vila Real não merecia sair tão cedo da Taça de Portugal

Depois da goleada sofrida perante o Espinho, este jogo tinha um cariz diferente, como diria o Scolari era o “mata-mata”, em que só a vitória interessava para seguir para a segunda eliminatória da Taça de Portugal.

-PUB-

FUTEBOL TAÇA DE PORTUGAL

O golo solitário de Zé Domingos foi suficiente para o União vencer e afastar os transmontanos da competição.

No rescaldo do jogo, fica um certo sabor a injustiça, uma vez que os alvinegros em nada foram inferiores aos insulares, aliás tiveram mesmo as melhores situações para marcar, ficou a faltar maior acerto no remate final e também se podem queixar de alguma falta de sorte, como aconteceu no primeiro grande momento do jogo, com Afonso a fazer uma grande jogada, pica a bola por cima do guarda-redes Ricky, mas acerta na trave, na recarga, Rui Sampaio atira ao poste, depois o União conseguiu tirar da área. Mais uma vez, os transmontanos a

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.