Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2021

Vila-realenses venceram apenas um jogo

A equipa de Vila Real de sub-14 rumou à ilha de São Miguel, Ponta Delgada, Açores, de 23 a 30 de junho, para participar na XVIII edição do torneio “Lopes da Silva”. Realizado desde 1974, este torneio é a maior competição anual de Seleções Distritais e serve para a observação de atletas para a Selecção Nacional Sub/15, a primeira representação nacional a que um jovem futebolista pode aspirar. Nesta competição nacional, estiveram envolvidos cerca de meio milhar de jovens jogadores de todas Associações de Futebol do país.

-PUB-

Depois de realizados os cinco jogos, a equipa vila- -realense terminou o torneio com apenas uma vitória, um empate e quatro derrotas. Os jovens atletas marcaram somente um golo e sofreram dez, terminando o torneio no vigésimo lugar. O único golo marcado pela seleção de Vila Real foi executado por João Bessa, no jogo frente a Santarém, aos 45 minutos.

Durante o torneio, a seleção de Vila Real defrontou as seleções de Santarém, Algarve, Évora, Leiria e Porto. A equipa vila-realense mostrou-se bem organizada defensivamente durante todos os jogos e nunca baixou os braços, dando sempre luta às equipas rivais.

No jogo frente ao Santarém, a equipa, na segunda parte, conseguiu dar a volta ao marcador, apontando o golo solitário.

Contra a equipa algarvia, o Vila Real mostrou-se com uma defesa bem organizada, mas, mesmo assim, não teve oportunidade de travar o golo adversário.

No jogo diante da seleção de Évora, a equipa transmontana ainda resistiu ao golo, mas não conseguiu afirmar-se perante os alentejanos. Durante este jogo, foram assinaladas duas faltas disciplinares aos atletas de Vila Real.

No último jogo, realizado no complexo do Pauleta, a equipa de Vila Real defrontou a equipa portuense, sofrendo uma derrota, por cinco bolas a zero. Um pesado desaire perante uma forte formação, que terminou o torneio em segundo lugar, após ter perdido, na final, com Lisboa, por um a zero.

Para a seleção de Vila Real foram chamados jogadores dos diferentes clubes existentes no distrito: Rui Capela, Fábio Cabral e Gabriel Outeiro (Abambres SC), Carlos Teixeira e André Ribeiro (ADC Diogo Cão), Leandro Oliveira, Rui Freitas e João Bessa (Mondinense FC), Leandro Machado, José Oliveira e José Afonso (GD Cerva), Diogo Teixeira, José Guedes e Ricardo Pinto (SC Régua), David Lopes (AC Alijoense), Filipe Silva (Vidago FC), Mário Costa (CDC Montalegre), Carlos Seixas e Fábio Vianna (SC Vila Real).

A restante comitiva foi composta por Adolfo Salgueiro (diretor da comitiva), Carlos Felisberto (coordenador técnico/treinador), José Rodrigues (treinador), José Carvalho (treinador guarda-redes), Leonel Lopes (administrativo) e Francisco Vicente (árbitro).

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.