Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Viticultores queixam-se de falta de resposta para colmatar prejuízos no Douro

A Associação dos Vitivinicultores do Douro (Avidouro) classificou como “inaceitável” a “falta de resposta” do Governo ao pedido de ajuda para colmatar os prejuízos provocados primeiro pelo granizo e depois pelos incêndios na agricultura da região.

“Esta situação é inaceitável. Estas pessoas estão constantemente a ter prejuízos e é inaceitável que não haja, até ao momento, uma resposta do Governo sobre esta matéria”, afirmou a dirigente da Avidouro, Berta Santos, durante uma conferência de imprensa realizada em Vila Real.

A responsável explicou que, no início de julho, o granizo e a chuva intensa provocaram prejuízos em vinhas, olivais e pomares de alguns concelhos do Douro. Mais recentemente foram os incêndios que provocaram também danos significativos na agricultura.

Sabemos que, numa ou noutra situação, andaram técnicos da Direção Regional de Agricultora e Pescas do Norte (DRAPN) no terreno a fazer o levantamento dos estragos provocados pelo granizo, mas, frisou, “não foi geral”.

Alberto Coutinho, viticultor

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.