Domingo, 3 de Julho de 2022

Vitória sofrida do líder

A primeira parte mostrou uma equipa mais forte, a de Guimarães.

FUTEBOL NACIONAL  Iniciados

O Desportivo de Chaves teve muita dificuldade em sair do seu meio-campo por força do predomínio vimaranense na ocupação dos espaços, gerando um “colete de forças” que importunou os flavienses. Muito desfavorável para os pupilos de Joel Sampaio foi a expulsão do central Alex, a “alma” da articulação entre a defesa e a linha média da sua equipa, por impedir a progressão de um atacante transmontano que era prometedora. Mas a equipa minhota, apesar de ficar a jogar com menos um jogador, chegou a aumentar a vantagem que já tinha, através da transformação de uma grande penalidade, causada pelo guarda-redes Diogo, do Desportivo, ao sair aos pés de um adversário, estatelando-o.

O segundo tempo foi muito diferente: os “valentes transmontanos” responderam e reagiram, passando a dominar as operações, com a turma dos “conquistadores” a refrear o seu domínio territorial e acusando, à medida que o segundo tempo ia decorrendo, o facto de estar em inferioridade numérica. Para defender o resultado, o treinador do Vitória fez entrar todos os elementos do banco (com exceção do guardião Diogo e de Richard), procurando refrescar a sua formação. Na sequência do crescimento do Desportivo, João Silva reduziu, vergando o Guimarães que conseguiu, no entanto, suportar o assédio dos jogadores de Paulo Soares, até ao final.

Num jogo sofrido para os líderes da classificação (três jogos, três vitórias), ainda assim estes venceram merecidamente, com os flavienses a mostrar boas credenciais.

 

Ficha ténica
Jogo no Estádio da Portelinha, em Pedras Salgadas.
Árbitro: João Afonso.
Auxiliares: José Pena e Amaro Andrade.
CHAVES – Diogo; Alexandre, Diogo Simão, Ive e Pedro Reis (João Silva, 55’); David (Axel, 31’), Jorginho, Vilaverde e Pedro Lage; Ruben Lopes (Tiago, 36') e Portal (Rodrigo, 36’).  
Suplentes não utilizados: Miguel, Covelo e Gonçalo.
Treinador: Paulo Soares.
Capitão: Pedro Lage.
GUIMARÃES – Ricardo; Edu, Alex, Machado e Silva (Gama, 36’); Miranda (Vitinha, 68’), Pinto, Kiko (Guga, 26’) e Resende (Nuno, 54’); Vasco e João (Ferreira, 36’).  
Suplentes não utilizados: Diogo e Richard.
Treinador: Joel Sampaio.
Capitão: Miranda.
Ao intervalo: 0-2
Cartão amarelo: Axel (67’).
Cartão vermelho: Alex (25’). .
Marcadores: João (29’), Resende (30’) e João Silva (64’).
-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.