Quarta-feira, 25 de Maio de 2022

120 atletas em mega torneio em Trás-os-Montes

A Associação de Voleibol de Trás-os-Montes (AVTM), em colaboração com a EBI das Pedras Salgadas e o Município de Vila Pouca de Aguiar, organizou, no sábado, um Torneio Regional de Voleibol nas Pedras Salgadas.

Muito participada, com 15 equipas oriundas de 5 clubes e mais de 120 atletas de formação, a competição pautou-se por um excelente convívio entre os jovens atletas, não tendo faltado a dose certa de competitividade que deve marcar qualquer competição desportiva.
O sucesso do torneio, a nível organizativo e de aceitação entre os clubes e atletas, abre portas à realização de novas competições similares durante o ano em curso. 
A iniciativa demonstra também a dinâmica que começa a ser implementada pela nova direção da Associação de Voleibol de Trás-os-Montes (AVTM), liderada por Paulo Vicente João, professor na Universidade de Trás-os-Montes (UTAD), que tomou posse em fevereiro em Vila For.
Cumpre-se assim o primeiro objetivo da direção da AVTM, de acordo com as palavras do seu presidente. “O principal objetivo será a massificação da modalidade, tendo sempre por base o desenvolvimento do atleta enquanto jogador e enquanto pessoa. Para isso, iremos começar pelo 1.º ciclo, estabelecendo depois uma forte ligação às escolas preparatórias e secundárias, na ligação direta com os professores de Educação Física e do Desporto Escolar”, esclareceu, acrescentando que irá ser criada uma ligação “mais estreita com os vários clubes da região, de forma a termos estruturas de acolhimento para os vários atletas”.
O voleibol de Trás-os-Montes está de parabéns, assim como todos os atletas, treinadores e pais que tanto se envolvem no crescimento desta modalidade com raízes fortes na região. Uma palavra de agradecimento a todas as entidades que, generosamente, possibilitaram que este torneio “fosse um sucesso”. 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.