Quinta-feira, 19 de Maio de 2022

2.500 mil alunos competem pelo campeonato nacional da literacia financeira

Arranca na próxima segunda-feira a 5ª edição do European Money Quiz, onde mais de 2.500 alunos irão participar pela disputa de um lugar no pódio.

Criado pela Federação Bancária Europeia (EBF), o European Money Quiz é um jogo destinado aos alunos do 3º ciclo, com idades entre os 13 e 15 anos, que tem como objetivo testar conhecimentos em áreas como dinheiro, risco, inflação, meios de pagamento, segurança online, entre outros.

Segundo a Associação Portuguesa de Bancos (APB), em Portugal, as competições intra-escolas terão a duração de duas semanas, através da plataforma online Kahoot, estando em competição 50 escolas a nível nacional de norte a sul do país, onde alunos do 7º ao 9º ano de escolaridade irão testar os seus conhecimentos em áreas como risco, inflação, investimento, segurança online, entre outros.

Os dois melhores classificados de cada escola ficarão apurados para a Final Nacional, realizada no dia 25 de março. A dupla vencedora a nível nacional representará Portugal na Final Europeia, com lugar a 10 de maio, em formato online, onde participarão os melhores jogadores de 30 países da Europa.

Os alunos que aqui se classifiquem nos cinco primeiros lugares da competição serão recompensados, no mês de junho, com uma viagem de dois dias a Bruxelas. Em acréscimo, as três escolas que se classificarem no lugar do pódio receberão também um prémio em dinheiro, por forma a investir num projeto de educação financeira – frisa a Associação Portuguesa de Bancos.

A Federação Bancária Europeia que integra, desde 2018, as associações de bancos da Europa – entre elas a Associação Portuguesa de Bancos – promove o European Money Quiz de modo a impulsionar a literacia financeira dos mais jovens. A EBF estima que, desde o seu início, o quiz já tenha sido jogado por mais de 700 mil alunos em toda a comunidade europeia.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.