Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
No menu items!




250 mil euros para aumentar capacidade de alojamento

O Super Bock Group inaugurou, no dia 8, mais duas “eco-houses”, a Casa da Lebre e a Casa da Raposa, que vêm reforçar a atual oferta do Pedras Salgadas spa & nature park, que passa a deter um total de 18 unidades de alojamento, das quais 16 “eco-houses” e duas “tree houses”.

-PUB-

Maria José David, diretora de turismo do Super Bock Group, explicou que “estas duas casas vêm incrementar as já existentes. Neste momento, com mais duas, acabamos por ter, em lotação máxima, capacidade para 75 pessoas. O intuito é continuarmos a alargar a nossa capacidade, tendo em conta a procura que continuamos a ter. Ao fim de semana estamos sempre completos”.

De acordo com a responsável pelo Vidago Palace Hotel e pelo Pedras Salgadas spa & nature park, ainda que seja, por defeito, um período de grande procura, “para nós, o verão é todos os dias, felizmente. Em todas as férias escolares enchemos, até por este ambiente mais de família, de natureza. Temos uma excelente ocupação”, frisou.

CASAS

Segundo explicou o grupo Super Bock em comunicado, “as Casas da Lebre e Raposa são um conjunto de duas novas eco-houses que resultam da recuperação de edifícios preexistentes no Parque de Pedras Salgadas, datados de 1939. De tipologia T0 (estúdio), com capacidade para três a cinco pessoas, estão equipadas com as mesmas facilidades que se encontram nos espaços de alojamento com o mesmo conceito”.

‘”O intuito é continuarmos a alargar a nossa capacidade””
Maria José David, diretora turismo
Super Bock Group

A estas junta-se a Casa do Esquilo, “também reconstruída de uma outra casa já existente no parque, destacando-se por ter o exterior em pedra. O interior caracteriza-se por ser um estúdio, onde as áreas do quarto, sala e kitchenette se encontram num único e amplo espaço, dispondo, ainda, de uma mezzanine”. No exterior existe “um pátio empedrado para que os hóspedes possam desfrutar, em pleno, do ambiente natural do parque”.

Estas três novas unidades de alojamento estão integradas no projeto de investimento de expansão e requalificação do Pedras Salgadas spa & nature park, anunciado pelo grupo em julho de 2021, por ocasião dos 150 anos da marca Pedras.

OFERTA

Segundo Maria José David, “vamos aumentar o circuito de arborismo para criar muito mais dinamismo”, porque “os jovens gostam cada vez mais”. Ao mesmo tempo, esta aposta pretende “atrair novos públicos, com uma série de atividades para complementar a estadia”.

A par do spa, o parque dispõe “de bicicletas, cortes de ténis e passeios pedestres”. As fontes da famosa “água das Pedras” também já reabriram e estarão abertas até 15 de outubro, “ao longo da época balnear”. A piscina exterior também já está disponível para banhos.

De acordo com a responsável, “reforçamos todos os serviços que temos no verão tendo em conta a dinâmica e a procura”. Ao mesmo tempo, “pelas suas várias valências turísticas, lúdicas e termais” o Parque está, também, ao dispor da comunidade local.

Até ao final de 2023, a empresa pretende realizar um investimento de 2,5 milhões de euros, num projeto que inclui a recuperação de vários imóveis e a construção de novas casas no local do antigo “Grande Hotel”. O Super Bock Group vai, ainda, alocar 27,5 milhões de euros na modernização do Centro de Produção de Pedras Salgadas.

[adrotate group="24"]

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS




Mais lidas

[adrotate group="3"]

ÚLTIMAS NOTÍCIAS