Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2021

617 mil euros para obras na Escola Básica e Jardim de Infância do Caneiro

Dando continuidade ao modelo de gestão autárquica de interação entre a decisão política e a população, que tem vindo a ser praticado pelo executivo flaviense, o autarca Nuno Vaz apresentou, na semana passada, o projeto de execução da obra de requalificação e ampliação da Escola Básica e Jardim de Infância do Caneiro, um investimento orçado em cerca de 617 mil euros.

-PUB-

Perante uma sala cheia, na Biblioteca da EB1 Nº 3 de Chaves, o presidente da Câmara expôs o contexto da intervenção, submetendo a escrutínio da população o projeto, da autoria dos arquitetos André Campos e Joana Mendes, que reflete o cumprimento das necessidades mais prementes deste estabelecimento de ensino.

A empreitada vai modernizar o edifício, salvaguardando a sua identidade. As intervenções vão contemplar a construção de uma cantina, duas salas de apoio para atividades diversas, novo recreio coberto, renovação das casas de banho, isolamento térmico, iluminação e recuperação de caixilharia, espaços verdes aumentados, entre outras.

Para o autarca “este projeto vai exigir um esforço financeiro suplementar por parte do município, pois a estimativa inicial foi ultrapassada em cerca de 200 mil euros, face às necessidades de intervenção elencadas”. A obra deverá decorrer durante o ano letivo de 2019/2020, iniciando ainda durante o período das férias de verão.

A comunidade escolar presente, nomeadamente educadores e encarregados de educação, puderam ser esclarecidos relativamente à implementação da obra e convidados a manifestar opinião sobre a mesma. 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.