Sábado, 21 de Maio de 2022

699 leitores já votaram em Vila Real

Até às 12h55, já tinham votado 699 eleitores nas cinco mesas de voto instaladas no Liceu Camilo Castelo Branco, onde pediram para votar antecipadamente em mobilidade 1.671 eleitores.

O sol ajudou a levar muitas pessoas a levantar cedo para exercer o seu direito de voto, onde até houve filas, mas foram sobretudo nas mesas reservadas aos cidadãos que têm residência fora do concelho de Vila Real.

Pelas 12h00, eram muitos estudantes que se dirigiram às mesas para votar, num processo que consideram que está a funcionar “muito bem”. “Tivemos de esperar cerca de 10 minutos, mas o processo funciona bem e é simples”, confessa um grupo de jovens que estão a estudar na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, mas moram na zona do Minho.

Outro eleitor de Vila Real, José Carlos, aproveitou o voto antecipado em mobilidade para exercer um direito, uma vez que estará a trabalhar no dia 30 de janeiro. “Estou no Porto a trabalhar e no próximo fim de semana vou estar de serviço, por isso inscrevi-me no voto antecipado”, num processo que confessa que ser muito simples. “Foi facílimo. Foi só ir à plataforma, colocar os dados e hoje lá estava o meu nome e votei em cinco minutos e em segurança”.

Nas próximas horas, são esperadas mais pessoas para votar, uma vez que ainda faltam votar mais de mil inscritos em Vila Real.

Hoje, mais de 315 mil eleitores, a nível nacional, inscreveram-se para votar antecipadamente para as legislativas, em que as autoridades de saúde recomendem cuidados sanitários, como usar máscara cirúrgica e levar a própria caneta.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.