Domingo, 25 de Setembro de 2022

900 mil euros para estabilizar taludes na linha do Douro

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou hoje a consignação dos trabalhos de estabilização de três taludes na linha do Douro, no concelho de Foz Côa, cujo investimento ultrapassa os 900 mil euros.

-PUB-

Segundo a IP, esta empreitada visa a reparação das zonas de três taludes onde foram identificados sinais de instabilidade geotécnica e estrutural, tendo como objetivo a mitigação do risco de deslizamentos que possam comprometer as condições de circulação ferroviária.

Os três taludes a intervencionar estão localizados no troço da linha ferroviária do Douro entre os quilómetros 159,463 e 161,635, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.

“A empreitada envolve um investimento de 917 mil euros e tem um prazo de execução de 210 dias”, indica a empresa, adiantando que “os trabalhos decorrem sem comprometer a circulação de comboios, tendo para tal sido desenvolvido um criterioso planeamento”

“A IP tem desenvolvido ao longo dos anos diversas intervenções de estabilização de taludes, com especial enfoque nas linhas onde o risco natural de desprendimento de matérias é mais acentuado, nomeadamente nas linhas do Douro, Beira Alta e Beira Baixa”, lê-se na mesma nota.

Ainda de acordo com a IP, a execução regular destes trabalhos de manutenção garante a beneficiação e reforço das condições de segurança e consequentemente a disponibilidade e fiabilidade da infraestrutura ferroviária.

A Linha Ferroviária do Douro liga, atualmente, o Porto ao Pocinho (Vila Nova de Foz Côa), ao longo de 171,522 quilómetros.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.