Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

AAUTAD/Realfut, 3 – Nogueiró, 1

Apesar de se encontrar no último lugar da tabela classificativa do campeonato, o Nogueiró não facilitou a vida da equipa universitária que, como o próprio treinador Fernando Parente admitiu, “para além da falta de atitude e de concentração, mostrou um nível de jogo ao qual os espectadores não estão acostumados”. O primeiro golo da partida […]

PUB

Apesar de se encontrar no último lugar da tabela classificativa do campeonato, o Nogueiró não facilitou a vida da equipa universitária que, como o próprio treinador Fernando Parente admitiu, “para além da falta de atitude e de concentração, mostrou um nível de jogo ao qual os espectadores não estão acostumados”.

O primeiro golo da partida foi conseguido pela equipa da AAUTAD/Realfut, com um lance finalizado por Mate, já a meio da primeira parte. Um minuto mais tarde, foi a vez de Ricardo Galatti marcar o segundo golo.

A equipa visitante respondeu, a cerca de cinco minutos do intervalo, obtendo um golo que foi imediatamente seguido pelo terceiro da AAUTAD que, numa jogada combinada entre Semedo e Barroso, fechou o marcador da primeira parte do encontro (3-1).

A segunda metade decorreu sem golos, mas com várias oportunidades falhadas, por ambas as equipas, nomeadamente dois livres directos de dez metros que foram desperdiçados por Mate (da equipa da casa) e por Nuno Gomes (Nogueiró).

“Quando estamos mais interessados em olhar para a tabela do que para o valor dos adversários acontecem dessas coisas”, lamentou o técnico da AAUTAD/Realfut, confirmando que, apesar de se encontrar no fundo da tabela classificativa, o Nogueiró “mostrou estar muito acima” do que algumas equipas mais bem posicionadas na classificação geral.

Já Manuel Ventura, treinador do Nogueiró, explicou que “só quem não tem visto os jogos da equipa é que pode ficar admirado. Falta-nos um resultado, uma vitória, para mostrarmos, em termos de classificação, a boa qualidade de jogo que temos”, admitindo que a equipa também não tem sido alvo do factor “sorte”.

“Eu costumo dizer, aos meus jogadores, que somos demasiado românticos, a jogar, queremos jogar sempre muito bem e, por vezes, é preciso ser mais objectivo, mandar um pontapé para frente, para aliviar a pressão. Os pontos não se ganham com jogos bonitos”, sublinhou Manuel Ventura que ainda felicitou a equipa da casa, mostrando-se convicto de que a AAUTAD/Realfut “é a melhor equipa da Segunda Divisão”.

Com mais esta vitória, a equipa vila-realense continua a ocupar o primeiro lugar da tabela, com um total de 21 pontos, uma posição que vai ter que defender, no sábado, altura em que vai visitar a equipa da Académica de Coimbra.

A oitava jornada ficou ainda marcada pela vitória do Grupo Desportivo Macendese, por cinco bolas a duas, frente ao Gondomar. Já a equipa de Boticas desceu uma posição, na tabela, depois de derrotada, pelo Rio Ave, fora de casa.

No próximo fim-de-semana, o calendário presenteia a região transmontana com mais um “derby”, desta feita entre o Boticas e o Macedense, num jogo que se realizará no concelho barrosão.

Maria Meireles

 

Jogo disputado na nave de Desportos da UTAD, em Vila Real.

AAUTAD/Realfut: Rui Cunha, Hélder Resende, Rui Ferreira, Ricardo Galatti, Paulo Duarte, Nélson Semedo, Luís Barroso, Tiago Carriço, Pimpão, Mate e Edgar Cunha.

Treinador: Fernando Parente.

Nogueiró: Pinto, Nuninho, Samagaio, Paulo Kara, Nuno Gomes, Nuno, Rui Anão, Pedro, Joca, Cordas e Adriano.

Treinador: Manuel Ventura.

Ao intervalo: 3-1.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.