Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Aero Clube de Bragança homenageia pilotos falecidos em março

Instituição altera logotipo, incluindo duas estrelas, que representam Horácio Sousa e André Bessa, vítimas do acidente aéreo que aconteceu em Bragança há cerca de dois meses.

-PUB-

O Aero Clube de Bragança homenageou este sábado Horácio Sousa e André Bessa, os dois pilotos que perderam a vida num acidente de avião que aconteceu a 16 de março deste ano, na aldeia de Varge, freguesia de Baçal, no concelho de Bragança. O empresário de 60 anos, piloto-instrutor dos cursos de pilotagem do Aero Clube de Bragança, e o formador do curso de pilotagem, de 26 anos, estarão representados por duas estrelas que passam agora a integrar o logotipo da instituição.

“Em assembleia geral a direção propôs a mudança do logotipo do Aero Clube. Achámos que devíamos continuar com as nossas duas estrelas, o Horácio e o André, que nos vão acompanhar sempre, e decidimos alterar a imagem, incluindo duas estrelas, que significam os pilotos”, explicou o presidente da instituição, Nuno Fernandes.

Sem previsão para o conhecimento do relatório definitivo do acidente, o presidente acredita que em breve se saberá o que motivou a queda da aeronave, acrescentando que “o Aero Clube vai substituir o aparelho destruído no acidente”, estando “a tentar angariar fundos para poder repor a frota”. “Ainda aguardamos o dinheiro das companhias de seguros, que não sabemos ainda se virá ou não”, concluiu.

Na cerimónia estiveram presentes familiares das duas vítimas, que procederam à colocação simbólica das duas estrelas no logotipo de um dos aviões do Aero Clube.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.