Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Agrupamentos unidos para combater o insucesso escolar

Os Agrupamentos de Escolas Diogo Cão (Vila Real), João Araújo Correia (Peso da Régua) e de Murça, classificados como Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) integram a Micro Rede do Douro, um projeto que visa, através da partilha de experiências e práticas, promover o sucesso educativo e combater o abandono escolar.

-PUB-

Armando Félix, do Agrupamento de Escolas Diogo Cão, explicou que o desafio da criação das Micro Redes foi lançado pelo coordenador da Equipa de Projetos de Inclusão e Promoção do Sucesso Educativo (EPIPSE), tendo sido depois aceite pelos três agrupamentos, todos eles já incluídos no programa TEIP.

A ideia era “partilhar e divulgar as práticas que cada uma das escolas tem, para assim haver ações conjuntas para a promoção do sucesso educativo”, explicou o professor, revelando que o passo seguinte foi a oficialização, há cerca de um ano, do protocolo entre os três agrupamentos.

Desde que foi criada a Micro Rede, já foram desenvolvidas várias iniciativas, entre as quais uma “formação acreditada com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro”, em que “foram convidados também professores de outras escolas”.

No final de janeiro, os três agrupamentos organizaram ainda o primeiro “I Seminário do Território Educativo de Intervenção Prioritária do Douro”, que levou mais de 120 professores de escolas de vários pontos da região Norte a discutir o tema: “Um agrupamento, uma comunidade em construção”.

O objetivo final, como explicou de forma perentória Armando Félix, é “a promoção do sucesso educativo”, referindo que um dos caminhos passa pela formação contínua dos professores. “Podemos eventualmente fazer uma candidatura ao Centro de Formação de Escolas de Vila Real para integrar, precisamente, essa formação contínua e a melhoria das práticas”, sublinhou.

Contando atualmente com três agrupamentos, a Micro Rede poderá em breve ser alargada a outras escolas do programa TEIP, também elas já organizadas em rede, como por exemplo é o caso de Mesão Frio, Baião e Resende. “Mesmo Mogadouro, já fica um bocadinho longe, mas também é um concelho que toca no Douro”, referiu o mesmo responsável.

Contando já com um total de 137 agrupamentos, distribuídos pelas cinco Direções Regionais de Educação, o Programa TEIP, que já vai na sua terceira fase de implementação, tem como metas “melhorar a qualidade das aprendizagens traduzida no sucesso educativo dos alunos” e “combater a indisciplina, o abandono escolar precoce e o absentismo”. “Criar condições para a orientação educativa e a transição qualificada da escola para a vida ativa” e “promover a articulação entre a escola, os parceiros sociais e as instituições de formação presentes no território educativo”, são outros objetivos.

A maior parte dos agrupamentos que hoje integram o programa foram identificados pelo próprio Ministério da Educação, no entanto, no caso da Diogo Cão, foi o agrupamento a propor-se.

Ao integrar o programa os agrupamentos podem contar uma assistente social, um animador e um psicólogo, disponibilizando ainda a dinamização do Gabinete do Aluno e “algumas horas de professores para integrar ações específicas para a diferenciação das práticas na sala de aula”.

Para Armando Félix, o TEIP tem contribuído para que “o agrupamento tenha sido um dos melhores, por exemplo, no segundo ciclo ao nível do distrito, quer ao nível da avaliação interna, quer ao nível da avaliação externa (nos exames nacionais)”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.