Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Alto Tâmega promovido na Bolsa de Turismo de Lisboa

A Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) marcou presença naquele que é o maior certame turístico português - Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que se realizou no Parque das Nações, em Lisboa.

Após um interregno de dois anos devido à pandemia causada pela Covid-19, a CIMAT levou o seu stand até aos pavilhões da Feira Internacional de Lisboa (FIL) para realizar uma promoção integrada e concertada do território do Alto Tâmega, tendo por base a estratégia de desenvolvimento da região.

A presença da CIMAT contou com a participação e colaboração de todos os municípios do Alto Tâmega (Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar), o que permitiu “dar a conhecer as potencialidades turísticas da região, assim como promover os seus produtos endógenos, com provas de degustação, junto dos milhares de visitantes da feira”.

A par da promoção realizada no stand, a CIMAT aderiu também, pela primeira vez, ao Programa de ‘Hosted Buyers’, que tem como objetivo apoiar a vinda de compradores internacionais para o país.

Uma vez inscritos no programa, os compradores solicitam reuniões com as entidades aderentes, que mais se adequam ao investimento que pretendem realizar. “A CIMAT foi solicitada, por nove compradores internacionais, para reunir e apresentar as potencialidades do território”, explica a CIMAT em comunicado, adiantando que foram cinco dias dedicados à divulgação do que de melhor há e se faz na região, naquela que é considerada uma das maiores feiras de turismo realizadas em Portugal e de abrangência internacional.

Para além da presença dos técnicos de turismo dos municípios, marcaram também presença os autarcas dos seis municípios (presidentes, vice-presidentes e vereadores), bem como o secretariado executivo da CIMAT, composto por Ramiro Gonçalves e José Alberto Diegas.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.