Segunda-feira, 14 de Junho de 2021
Largo Maria Rita, em Chaves ©DR

Arruamentos requalificados terão de ser novamente intervencionados

Algumas ruas de Chaves, recentemente requalificadas, vão ter de ser melhoradas.

-PUB-

A autarquia de Chaves anunciou que já se encontram em fase de conclusão as obras de requalificação dos arruamentos da Rua Reis Ventura, Av. Luís Chaves, Rua de Santo Amaro e Ruas Portas do Anjo, Alferes João Batista, Cruzeiro, Viscondessa do Rosário e Fonte do Leite, carecendo as mesmas de reparação nas camadas betuminosas por não apresentarem as características necessárias à qualidade da circulação rodoviária.

Por se encontrarem, ainda, no período da garantia, as ruas intervencionadas “serão alvo de retificação das situações anómalas identificadas, sendo da responsabilidade da entidade executante os trabalhos adicionais, a executar logo que as condições atmosféricas o permitam”, explica a autarquia em comunicado, acrescentando que a melhoria das acessibilidades rodoviárias e pedonais “têm sido uma prioridade deste executivo, pelo que a autarquia fará uso da garantia para que sejam repostas as condições de segurança e de circulação previstas nas empreitadas”.

De acordo com o autarca flaviense, Nuno Vaz, “as obras em causa devem assegurar o contratualizado”. Trata-se de um “forte investimento na reabilitação de toda a rede viária da cidade que assegurará, por um lado, maior fluidez, desenvolvimento e segurança na circulação, e por outro, permite elevar a qualidade de vida nas zonas residenciais e núcleos urbanos”.

A nível de mobilidade, a autarquia destaca ainda a requalificação e construção de novos acessos pedonais, que “serão mais confortáveis e seguros”.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.