Sábado, 4 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

As melhores futebolistas femininas em Portugal

CONTEÚDO PATROCINADO

-PUB-

O futebol feminino dá cada vez mais cartas. O número crescente de clubes com escalões de equipas femininas e a criação de cada vez mais competições de futebol feminino, tanto nacional como internacionalmente, permite que algumas jogadoras de futebol se destaquem e provem que o futebol não é mais «um desporto de meninos».

Prova disso é que sites especializados, na modalidade e em apostas desportivas, como o  melhores casas de apostas futebol acompanham o futebol feminino e lhe dão o devido destaque. As apostas em futebol feminino constituem, cada vez mais, uma larga percentagem da seleção de eventos disponibilizados e tendem a ter um elevado número de apostas, o que indica que os adeptos estão atentos ao universo do futebol no feminino e apreciam-no ao ponto de fazer apostas.

Conheça um pouco mais da história do futebol feminino em Portugal e saiba quais as 3 melhores jogadoras de futebol feminino na atualidade, no nosso país.

A História do Futebol Feminino em Portugal

Curiosamente é preciso recuar mais de 100 anos para encontrar as primeiras jogadoras de futebol feminino. O fenómeno do futebol feminino, com origem em Inglaterra, ficou a dever-se ao facto dos homens serem enviados para a primeira Guerra Mundial e as mulheres, que ocuparam os seus lugares na produção industrial, começarem a jogar futebol , já que muitas destas unidades tinham criado equipas de futebol, até ali só de homens.

Posteriormente, as equipas femininas foram banidas do futebol e haveriam de regressar apenas na década de 1970. Em Portugal, O Campeonato Nacional de Futebol foi criado, pela Federação Portuguesa de Futebol, na época de 1987/88, ainda que num formato diferente do atual e sem a presença de equipas dos chamados “Clubes Grandes”.

A União 1º de Dezembro, em Sintra, dominou o panorama do futebol feminino em Portugal, sendo campeã por doze vezes, onze delas consecutivas, entre 2001 e 2012.

No panorama internacional, a equipa feminina de futebol também se tem destacado, com o recente acesso aos play-offs do Campeonato do Mundo, por exemplo, ou a presença na 23ª posição do ranking de seleções nacionais da FIFA.

Certo é que a popularidade do futebol feminino é cada vez maior, com cada vez mais meninas/mulheres a querer jogar futebol e cada vez mais clubes a criar equipas de formação de futebol feminino.

Na lista das convocadas para a seleção nacional, encontramos as seguintes jogadoras de futebol feminino:

  • Guarda-redes: Rute Costa (SL Benfica), Inês Pereira (Servette FC) e Patrícia Morais (SC Braga)
  • Defesas: Alicia Correia (Sporting CP), Carole (SL Benfica), Diana Gomes (Sevilla FC), Joana Marchão (Parma), Lúcia Alves (SL Benfica), Sílvia Rebelo (SL Benfica) e Bruna Lourenço (Sporting CP)
  • Médios: Andreia Norton (SL Benfica), Andreia Faria (SL Benfica), Dolores Silva (SC Braga), Fátima Pinto (Deportivo Alavés), Kika Nazareth (SL Benfica), Tatiana Pinto (Levante UD) e Vanessa Marques (SC Braga) e Andreia Jacinto (Real Sociedad)
  • Avançadas: Ana Borges (Sporting CP), Ana Capeta (Sporting CP), Carolina Mendes (SC Braga), Diana Silva (Sporting CP), Jéssica Silva (SL Benfica), Suzane Pires (Ferroviária) e Telma Encarnação (CS Marítimo)

As 3 melhores jogadoras de futebol feminino

Felizmente, a lista de jogadoras de  futebol feminino em Portugal tem crescido, em quantidade e em qualidade, com muitas das jogadoras a serem recrutadas por grandes equipas europeias e a brilharem no Campeonato Nacional e nas provas internacionais de futebol feminino.

Tudo isto tem levado à popularidade do futebol feminino e à revelação de grandes nomes no feminino.

Carole Costa

Carole Costa nasceu em Braga, a  3 de maio de 1990 e joga no Sport Lisboa e Benfica desde a época 2020/21, depois de ter passado pelo Sporting Clube de Portugal , por algumas equipas do futebol alemão e ter iniciado a sua carreira na Casa do Povo Martim em Braga, com uma passagem pelo Leixões, em 2009/10.

A jogadora tem no seu palmarés oito títulos, entre Campeonato Nacional, Supertaça, Taça da Liga e Taça de Portugal. Foi eleita a melhor jogadora do campeonato feminino 2021/2022, pela Federação Portuguesa de Futebol.

Vanessa Marques

Nascida em Lyon, França, a 12 de abril de 1996, Vanessa Marques é luso descendente, com dupla nacionalidade. A jogar atualmente no Sporting de Braga, a jogadora foi distinguida pelo Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) como a melhor jogadora da I Liga de futebol feminino 2018/19 e arrebatou o prémio de melhor marcadora da prova, com 30 golos. Nessa temporada, aliás, Vanessa conquistou o Campeonato Nacional Feminino (Liga BPI) e a Supertaça de Portugal.

Kika Nazareth 

Francisca Nazareth nasceu em Lisboa, no dia 17 de novembro de 2002.

A jogar atualmente no Benfica, desde a época 2018/19, Kika, como é mais conhecida, passou pelo Casa Pia e pelo Os Torpedos.

É a única jogadora de futebol feminino agenciada por Jorge Mendes e foi nomeada, em setembro de 2022, para o prémio Golden Girl, na sua primeira edição.

Conta com seis títulos, entre os quais o Campeonato Nacional, a Taça da Liga e a Supertaça.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.