Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Associação Sindical duvida que comando distrital venha a ser reforçado

Apesar do Ministério da Administração Interna garantir que a nova ‘fornada’ de mil agentes que está agora em formação será distribuída pelos comandos com maiores necessidades, a ASPP acredita que a prioridade será sempre para os grandes centros como Lisboa, Porto e Setúbal. A associação sindical sublinhou ainda, como um dos problemas que urge resolver, o envelhecimento do efectivo vila-realense. Mais uma vez, os polícias pediram o afastamento do ministro Rui Pereira

-PUB-

“Tenho dúvidas que, mesmo com a entrada de mais mil efectivos, a Polícia de Segurança Pública (PSP) consiga dar resposta a todas a necessidades, e as prioridades vão ser os grandes comandos”, lamentou Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), que, no dia 17, reuniu com agentes do distrito e entregou uma moção ao Governador Civil onde é reiterado o pedido de demissão do ministro da Administração Interna.

O sindicalista considera que o número de agentes que estão agora a ser formados é “insuficiente” para dar resposta a todas as necessidades e que, por isso, serão “os comandos maiores, como Lisboa, Porto e Setúbal”, os primeiros a serem reforçados.

Paulo Rodrigues considera que

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.