Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Atleta vila-realense conquistou medalha de bronze

Ricardo Pires, atleta da Nuclisol Jean Piaget Vila Real, conquistou a medalha de Bronze no Campeonato Internacional de Ténis de Mesa, na componente Síndrome de Down, competição que se realizou nos dias 23 e 24, no Estádio Municipal da Póvoa de Varzim.

-PUB-

O atleta conseguiu o terceiro lugar depois de jogar seis partidas com atletas de Itália, Macau, África do Sul, França e Turquia, tendo sido derrotado apenas num dos jogos.

De sublinhar que no campeonato, organizado pela Associação Nacional do Desporto para a Deficiência Intelectual, a seleção portuguesa foi liderada por Mário Rodrigues, vila-realense que foi convocado como um dos dois treinadores da equipa técnica.

“Como se pode verificar Vila Real teve dois elementos a representar a seleção de Portugal numa prova internacional de tamanha importância, que contou com a presença de 12 países, sendo de destacar, pelas longas distâncias que nos separam, as equipas de Macau, Turquia, África do Sul, Brasil, México ou Finlândia”, sublinhou o técnico, que também treina a equipa da Nuclisol Jean Piaget Vila Real, para sublinhar o desenvolvimento da modalidade adaptada na capital de distrito.

Quanto à prestação de Portugal, o mesmo responsável destaca ainda a medalha de prata alcançada por Conceição Ribeiro, que disputou a final com uma atleta italiana.

Finalmente, Mário Rodrigues deixou um reconhecimento público à prestação dos atletas da seleção nacional e, em especial, a Ricardo Pires, “que teve uma prestação a todos níveis excecional e que honrou a modalidade, a seleção, a Nuclisol Jean Piaget e a cidade de Vila Real”.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.