Domingo, 17 de Outubro de 2021

Autarca sugere alocar 7ME para ajudar setor vinícola duriense

Quando se prevê uma “campanha desastrosa” na Região Demarcada, o presidente escreveu ao Governo, onde pede um fundo de emergência para os agricultores, que já estavam destinados ao Douro.

-PUB-

Numa carta enviada ao Governo, o presidente da Câmara de São João da Pesqueira pede sete milhões de euros para o setor vinícola, uma vez que se prevê uma “campanha catastrófica”, nomeadamente para os pequenos e médios produtores.

Manuel Cordeiro explica que se aproxima uma campanha agrícola em toda a Região Demarcada do Douro, que se anuncia “previsivelmente catastrófica”, e poderá levar mesmo ao “abandono em larga escala da atividade, devido à falta de venda de vinhos pelas adegas vinificadoras”.

Esta situação colocará o setor numa situação de “extrema vulnerabilidade”, por isso o autarca sugere ao Governo que a possibilidade de “alocar um fundo de emergência de apoio à agricultura duriense no montante de cerca de sete

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.