Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022

Autarquia pede demissão do inspetor-geral da ASAE

Na sequência do comunicado emitido pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE)

-PUB-

No sábado, onde se dá conta da apreensão de 12,5 toneladas de produtos cárneos, congelados e refrigerados, bem como enchidos, o município de Mirandela veio exigir mais esclarecimentos sobre o ato “irresponsável” desta autoridade, que “somente prejudica a imagem de um concelho e de um produto”. 

Júlia Rodrigues, presidente da autarquia, não só exige um esclarecimento “concreto” desta ação, como também pede a demissão do inspetor-geral da ASAE, Pedro Portugal Gaspar.

“Por condutas irresponsáveis, que lesam a economia da região e do país, consideramos esta ação e a forma como foi comunicada inadmissível, pelo que pedimos a demissão do inspetor-geral da ASAE, uma vez que esta autoridade deve proteger os consumidores e não criar alarmismos relativamente a produtos tradicionais”, salientou. 

A autarca deixou bem claro que não se deve confundir um local de produção com uma indústria de enchidos. 

“Este comunicado alia duas ações que nada têm a ver uma com a outra”, referiu,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.