Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Autarquia renova protocolo para concluir acesso à “Ponte da Assureira”

Estrada em terra batida deverá ficar concluída até ao final  deste ano, do lado de Montalegre. Fica a faltar a parte de Chaves

-PUB-

O município de Montalegre renovou o protocolo de colaboração com o exército português através do Regimento de Engenharia n.º 3, sediado em Espinho. O objetivo passa por concluir o acesso, em terra batida, até à ponte da Assureira. 

Iniciados em maio de 2019, os trabalhos foram interrompidos devido à pandemia de Covid-19, pelo que foi necessário prolongar o protocolo, como explicou o presidente da autarquia, Orlando Alves. “Estivemos a renovar um protocolo iniciado em maio do ano passado que visa criar uma acessibilidade à Ponte da Assureira. A ideia é que Chaves lhe dê continuidade e fique transitável aquela magnífica obra de arte que lá está”. 

Os trabalhos tiveram de ser interrompidos em março por causa da

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.