Domingo, 13 de Junho de 2021

Câmara dá início a desmaterialização documental

A Câmara Municipal de Murça prepara-se para deixar de utilizar papel nos circuitos internos, apostando na implementação de uma solução de gestão documental.

-PUB-

Para tal, foi instalado recentemente um sistema informático de gestão de documentos, que permite a desmaterialização de toda a documentação constante dos processos internos, que passam a tramitar em formato digital.

A medida irá permitir uma gestão global e eficaz com o rápido acesso eletrónico a todos os conteúdos, além de uma redução anual significativa de custos com papel e consumíveis. Assume-se, também, como um passo essencial na modernização administrativa, permitindo aos vários serviços municipalizados atuar com maior eficiência, prestando um melhor serviço aos munícipes. Prevê-se uma otimização dos processos e uma economia de recursos humanos e financeiros, nomeadamente uma redução de custos com a desmaterialização dos suportes físicos tradicionais.

A implementação deste sistema na autarquia murcense vai possibilitar a definição de mecanismos automáticos de encaminhamento de informação, devidamente integrados no sistema de informação da autarquia, dando uma resposta adequada às reais necessidades dos munícipes. 

A medida contempla ainda uma ligação com o site autárquico do Munícipe, serviço que, ainda em 2019, permitirá a todos os murcenses consultar processos que tenham a decorrer na Câmara Municipal.

Com a implementação deste novo sistema, está dado mais um passo na modernização administrativa da Câmara Municipal de Murça, um salto tecnológico que permitirá a consequente melhoria da qualidade dos serviços prestados aos murcenses.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.