Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Camisola nova em homenagem aos soldados da paz

Num gesto solidário, o Grupo Desportivo de Vilar de Perdizes apresentou as novas camisolas para a época 2020/2021 num vídeo de homenagem aos bombeiros voluntários 

-PUB-

Num vídeo, o clube barrosão, que compete na Associação de Futebol de Vila Real (AFVR), apresentou a camisola que os atletas vão envergar na nova temporada, de uma forma particular. 

Com a ajuda de Sérgio Dias, ex-atleta do clube, e bombeiro em Montalegre, e de Mika, jogador que capitaneia a equipa vilarense, ao longo de um minuto e vinte segundos, o Vilar de Perdizes revela o novo “manto”, ao mesmo tempo que presta homenagem a todos os soldados da paz. 

Do quartel ao estádio, os Guerreiros da Raia fizeram questão de relembrar a importância dos bombeiros na sociedade. “Foi uma forma de os homenagear e também de sensibilizar as pessoas o quão eles são fundamentais no nosso dia a dia. E além de bombeiros são cidadãos que têm uma vida quando despem a farda”, explicou Márcio Rodrigues, presidente do clube, acrescentando que  “estão na frente do perigo e muitas das vezes são esquecidos”. “Não podemos esquece-los porque estão em todas as frentes, sejam acidentes, incêndios, inundações, doenças, eventos, etc”.  

O Vilar de Perdizes prepara a nova época tendo já apresentado alguns reforços e anunciado algumas renovações, garantindo que, tal como os bombeiros, “vestem a farda todos os dias por nós, nós a cada domingo vamos vestir a nossa capa de guerreiros para lutar pela vitória, pois será a melhor forma de lhes agradecer todos os sacrifícios feitos pela sociedade em geral”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.