Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Candidatura a Património Mundial

No dia 7, o Município de Alijó recebeu a visita da Equipa Técnica responsável pela candidatura dos Castros do Noroeste Peninsular a Património Mundial, junto da UNESCO, assim como da sua integração numa rede ibérico – castreja. Esta visita contextualiza-se na 2.ª fase do Projecto de Candidatura dos Castros do Noroeste Peninsular a Património Mundial […]

PUB

No dia 7, o Município de Alijó recebeu a visita da Equipa Técnica responsável pela candidatura dos Castros do Noroeste Peninsular a Património Mundial, junto da UNESCO, assim como da sua integração numa rede ibérico – castreja.

Esta visita contextualiza-se na 2.ª fase do Projecto de Candidatura dos Castros do Noroeste Peninsular a Património Mundial que, no fundo, pretende avaliar as condições/potencialidades que esses sítios arqueológicos (anteriormente seleccionados) detêm.

Antes de se avançar para o terreno, decorreu uma pequena reunião, no Município de Alijó, a qual contou com a presença do Vereador da Cultura deste Município, Luís Azevedo. O principal objectivo desta reunião foi contactar com os principais interlocutores existentes nas Autarquias, por um lado, e, por outro, explanar o projecto que, neste momento, já se encontra em curso.

No local e após uma pequena explicação por parte do Arqueólogo que se encontra, actualmente, em funções, no Município de Alijó, constatou–se que o Castro do Pópulo tem uma grande potencialidade, valorizando a sua proximidade com a Igreja da Senhora da Boa Morte que se encontra na vertente sul do monte. Em termos de acessibilidades, o local onde está implantado o Castro do Pópulo não podia ser melhor, uma vez que a ele se tem acesso a partir de uma Estrada Nacional. Toda a equipa ficou impressionada com a dimensão da primeira e segunda linhas de muralha que, em alguns troços, actualmente, atinge os três metros de altura.

Foram abordadas, também, as possíveis acções que, no futuro, poderão ser levadas a cabo, como a reconstrução das principais linhas de muralha; limpeza da área envolvente; investigação/escavação científica e iluminação, entre outras, tendo como objectivo fulcral a valorização do sítio, de forma a integrar, no futuro, uma rede ibérica castreja que, certamente, atrairá um turismo internacional cada vez mais exigente, em busca de cultura e conhecimento. Tais acções revestem-se de um carácter fundamental e enriquecedor, para o Município de Alijó.

Por último (e apesar desta constituir a primeira visita ao local) a equipa foi unânime em afirmar que o Castro do Pópulo tem todas as condições para ser integrado numa candidatura, junto da Unesco, com vista a ser considerado Património Mundial. Para isso, basta que estejam reunidas algumas das condições anteriormente referidas, em particular a Investigação Científica que se afigura fundamental e que permitirá a credibilização daquele sítio arqueológico.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.