Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Carranhosas voltaram a sair à rua

Reza a história que, em dia de São Brás, as meninas bonitas saíam à rua para arranjar namorado, mas os meninos iam atrás delas e enchiam-nas de cinza tornando-as feias, ou seja, carranhosas. 

A tradição já é antiga, mas em Ribeira de Pena mantém-se. Todos os anos, a 3 de fevereiro, a vila pára para ver passar o Desfile das Carranhosas. A comunidade envolve-se em festa e mascara-se com o melhor dos disfarces para cumprir a tradição. “Este desfile perde-se no tempo. Aquilo que se vai fazendo é a preservação de uma tradição que tem passado de geração em geração”, referiu João Noronha, presidente da Câmara Municipal de Ribeira de Pena que também não escapou às brincadeiras dos foliões. 

Centenas de pessoas juntam-se ao longo das principais ruas da vila para assistir à passagem do corso, sujeitas a levar com farinha, confetis ou outro tipo de presentes das carranhosas.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.