Domingo, 26 de Setembro de 2021
©Arquivo/VTM

Caso de morte por negligência no hospital de Chaves foi arquivado

Caso remonta a 2019. Família acusou o hospital de Chaves de morte por negligência.

-PUB-

O Ministério Público (MP) arquivou o inquérito sobre a morte de uma mulher de 43 anos, em outubro de 2019, no Hospital de Chaves, que a família acusou de negligência.

Segundo informação divulgada na página oficial da Procuradoria-Geral Regional do Porto (PGR-P), o MP determinou o arquivamento de inquérito sobre a “investigação das circunstâncias em que ocorreu, em 23 de outubro de 2019, a morte de uma paciente no Serviço de Internamento do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD)”.

“Considerou o Ministério Público que poderia estar em causa a eventual prática de um crime de homicídio por negligência ou um crime de intervenções e tratamentos médico-cirúrgicos arbitrários”, referiu.

Notícia desenvolvida na edição de 11 de março

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.