Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Chaves avança com ‘lay-off’ mas paga março na íntegra

O Desportivo de Chaves vai avançar com ‘lay-off’ na equipa da II Liga portuguesa de futebol, reduzindo os ordenados em um terço, mas garantindo o pagamento de março na íntegra, disse hoje o presidente da SAD.

“Não temos outra hipótese, somos obrigados a parar a nossa atividade e se existe uma lei geral temos de a utilizar”, adiantou à Lusa o presidente da SAD do emblema de Trás-os-Montes, Francisco José Carvalho.

O líder dos flavienses explicou que haverá “um corte de um terço do ordenado dos jogadores” e ainda que foi garantido o pagamento do mês de março “na íntegra”.

“A lei geral do ‘lay-off’ garante ordenados até aos 1.905 euros máximo, mas nós asseguramos a diferença até dois terços dos ordenados dos futebolistas”, realçou.

Sobre o facto de não haver uma decisão única de todos os clubes, Francisco José Carvalho explicou que o ‘lay-off’ tem um “enquadramento legal que não deixa as SAD’s de fora”.

O presidente da SAD do Desportivo de Chaves comunicou hoje aos atletas e restantes funcionários da SAD a decisão através de videoconferência e comunicou ainda a decisão à Liga e ao Sindicato dos Jogadores, acrescentou.

“Os jogadores continuam em casa, estão todos bem de saúde, felizmente, e também com as suas famílias. Transmiti-lhes que a prioridade é a saúde deles”, vincou.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.