Domingo, 14 de Agosto de 2022

CHTMAD com “dois pesos e duas medidas”

Sem a presença de um responsável do conselho de administração do CHTMAD, por incompatibilidade de agenda, alguns responsáveis de corporações do distrito de Vila Real deram a conhecer, num debate promovido pela VTM, as principais dificuldades dos bombeiros e apresentaram, também, algumas soluções.

-PUB-

Um dos grandes problemas atuais tem a ver com o atraso no pagamento do transporte de doentes, um serviço que, para Álvaro Ribeiro, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros da Cruz Branca de Vila Real, “não é, atualmente, uma atividade economicamente lucrativa, que permite cobrir despesas de outras áreas”.
“Não se percebe que a 23 de junho se pague a fatura de outubro de 2021 e a falta de alguém do CHTMAD aqui deixa-me com elevado grau de desconfiança de que não querem enfrentar a realidade”, frisa.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.