Quarta-feira, 14 de Abril de 2021

Deduzida acusação contra empresário pelo crime de insolvência dolosa

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra um empresário do concelho de Vimioso, no distrito de Bragança, imputando-lhe a prática de um crime de "insolvência dolosa", anunciou hoje a Procuradoria Geral Distrital (PGD) do Porto.

O MP considerou indiciado que, por sentença transitada em julgado em 04 de agosto de agosto 2013, foi declarada insolvente a sociedade de que "o arguido era gerente de direito e de facto", com sede em Argozelo, no concelho de Vimioso, e que no processo, apesar do reconhecimento de créditos, "não foram apreendidos bens suficientes para os liquidar".

Contudo, o MP indiciou que as "imobilizações corpóreas da referida sociedade passaram de 102.014,04 euros no final do ano de 2008, para 00 euros, no final do ano de 2009" .

"Tal sucedeu por ação do arguido, que fez desaparecer o património da sociedade, dando-lhe descaminho com o intuito concretizado de lesar os credores, frustrando as garantias patrimoniais dos seus créditos", indica página oficial da PGD.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.