Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Desilusão fora de horas

Um golo do suíço Seferovic em pleno período de compensação deu ao Benfica os três pontos, num jogo onde a divisão pontual também se aceitava face ao desempenho dos flavienses, os quais foram traídos pela menor frescura física na etapa complementar.

I Liga

O treinador flaviense, Luís Castro, mexeu em todos os setores da equipa. O brasileiro Fúrlan apareceu no lugar de R. Ferreira, Tiago Galvão no de Bressan e Jorginho substitui Davidson. Por seu lado, Rui Vitória, foi fiel à equipa que lhe garantiu as duas primeiras vitórias oficiais (supertaça e campeonato).

Num excelente ambiente, a primeira parte do jogo foi de qualidade, com as equipas as jogarem de peito aberto e de olhos nos olhos, com um futebol feito de velocidade e com ambas as equipas a construírem situações de perigo. 

Do lado benfiquista, Toto Salvio era o jogador que mais perigo criava.  Logo aos 8’, trabalhou bem a bola, mas rematou sobre o travessão. Responderam

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.