Domingo, 24 de Outubro de 2021

Detenção de suspeitos da morte de estudante do IPB pode atenuar dor

O Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, considerou hoje que o sentimento de exaltação e de dor pode atenuar-se com a detenção dos suspeitos da morte do estudante cabo-verdiano Luís Giovani em Bragança.

-PUB-

Em declarações aos jornalistas na cidade da Praia, o chefe de Estado sublinhou que a morte do estudante faz parte de fenómenos sociais de "grande emotividade", por ser "brutal, de contornos raros e surpresos".

Por isso, considerou "normal" a revolta das pessoas, dentro e fora de Cabo Verde, mas salientou ser importante acreditar que a justiça será feita.

"A justiça é um processo, vai ter o seu curso, é um processo criminal, tem fases de investigação, terá o inquérito, depois haverá acusação, eventualmente abertura de instrução, pronúncia, julgamentos, e, portanto, é aguardarmos com confiança, serenidade, que as coisas decorram bem e que a justiça adequada seja feita, seja realizada", afirmou.

O estudante cabo-verdiano, de 21 anos, natural da ilha do Fogo, morreu a 31 de dezembro, 10 dias após agressões à saída de um bar, na cidade de Bragança.

As cerimónias fúnebres aconteceram no sábado, um dia após a Polícia Judiciária portuguesa ter anunciado a detenção de cinco suspeitos das agressões, que ficaram em prisão preventiva depois de serem ouvidos em tribunal, indiciados por um crime de homicídio qualificado e três de tentativa de homicídio.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.