Sexta-feira, 25 de Junho de 2021
©DR

Docente da UTAD integra livro Mulheres na Ciência

A professora e investigadora da UTAD, Patrícia Poeta, é um dos rostos femininos que mereceu destaque, no Dia Internacional da Mulher, integrando o livro Mulheres na Ciência. Apresentada, hoje, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, esta publicação teve como objetivo homenagear as cientistas portuguesas, quer a trabalhar em Portugal, quer no estrangeiro. 

-PUB-

Da Biologia à Matemática, da Química às Ciências Sociais, da Física à Arqueologia ou da Neurologia à Filosofia, entre muitas outras áreas, a cientista Patrícia Poeta faz parte do universo de 137 investigadoras que foram escolhidas pelo contributo que, ao longo dos anos, têm dado para a ciência e para a promoção e valorização da investigação científica. Da UTAD, esta investigadora foi a única a ser selecionada. 

“Fazer parte deste livro, no qual estão reunidas as cientistas portuguesas mais reputadas, quer a nível nacional, quer internacional, é sem dúvida um motivo de orgulho, que reflete e reconhece todo o meu trabalho de investigação científica”, referiu a investigadora, acrescentando que, além disso, não deixa de ser também uma iniciativa que reconhece o talento das cientistas portuguesas, bem como o papel da mulher no universo da ciência. 

“Há mais de 20 anos que faço investigação em resistência a antibióticos, sempre numa perspetiva “One Health”, tentando decifrar os mecanismos genéticos que conduzem as bactérias à multirresistência, tornando-se um grave problema de saúde pública”, lê-se no livro. 

A publicação foi promovida pela Ciência Viva e as mulheres cientistas portuguesas representam 45 por cento do total de investigadores no nosso país. 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.