Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Dois candidatos já se perfilam para a liderança do PSD no distrito

Quando falta menos de um mês para o partido escolher os seus representantes na distrital, começam a surgir os rostos que vão concorrer pela liderança laranja

-PUB-

Marcadas para o próximo dia 27, as eleições da Comissão Política Distrital do Partido Social Democrata (PSD) de Vila Real já tem dois candidatos assumidos, António Nazaré Pereira e Alberto Machado.

Apesar do prazo de entrega das listas terminar apenas três dias antes do dia das eleições, logo, no dia 24, Nazaré Pereira, antigo vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Real, já divulgou, no dia três, em comunicado, a intenção de candidatar-se.

“Na sequência de numerosas solicitações de militantes do PSD, informo a Comunicação Social do distrito de Vila Real que aceitei ser candidato a presidente da Comissão Política Distrital para o próximo biénio”, confirmou o candidato.

Nazaré Pereira adianta desde logo que a sua candidatura “pretende contribuir para o reforço da democracia interna do PSD e visa mobilizar os militantes e os demais cidadãos do distrito para a participação ativa na vida política quando se aproxima um período decisivo para o futuro de Portugal”.

Por outro lado, também Alberto Machado, presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, já divulgou publicamente que oficializará a sua candidatura no próximo sábado.

Em declarações a outros órgãos de comunicação social, Alberto Machado explicou que avança depois do “consenso político” que se gerou à sua volta e que lhe permite lutar “em defesa dos interesses da região e manter o partido aberto, dialogante e abrangente a todo o distrito”.

De recordar que o atual presidente da Comissão Política, Domingos Dias, que ocupou o cargo nos últimos três mandatos, já anunciou que não se recandidatará.

O sufrágio reveste-se de grande importância para a distrital tendo em conta que à nova equipa eleita terá a responsabilidade de dinamizar o partido no âmbito das eleições legislativas que irão realizar-se este ano.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.