Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Entrudo Chocalheiro e Praias do Azibo distinguidos com “Cinco Estrelas”

Pelo quarto ano consecutivo, portugueses premeiam a excelência das praias fluviais da Albufeira do Azibo

Macedo de Cavaleiros volta a ser destacado, pelo quarto ano consecutivo, entre as marcas de eleição dos portugueses. À semelhança dos últimos anos, as Praias do Azibo voltam a figurar entre as regiões e tradições que integram a lista de vencedores do Prémio Cinco Estrelas Regiões, sendo que desta vez se associa a marca Entrudo Chocalheiro. Uma distinção que enche de orgulho o presidente da câmara. “É um sinal claro do trabalho que tem sido feito nos últimos anos, e em particular nos últimos cinco”, sustenta Benjamim Rodrigues.

É o quarto ano consecutivo que o Azibo vê as suas praias destacadas na escolha dos portugueses. Este ano, em “Festas, Feiras e Romarias”, é ainda distinguido o Entrudo Chocalheiro, que “identifica a singularidade do nosso concelho e o trabalho de preservação de uma tradição única e que a própria UNESCO já enalteceu pela sua autenticidade”, recorda Benjamim Rodrigues, sublinhando que “estas são duas marcas que afirmam o nosso concelho e, cada vez mais, remetem os portugueses para o nosso território”.

Saliente-se que o “Prémio Cinco Estrelas Regiões” é um sistema de avaliação que mede o grau de satisfação que produtos, serviços e marcas de origem portuguesa conferem aos seus utilizadores, tendo como critério de avaliação as cinco principais variáveis que influenciam a decisão de compra dos consumidores: experimentação, relação preço-qualidade, intenção de compra ou recomendação, confiança na marca e inovação.

A distinção pretende dar voz às populações de forma a identificar o que de melhor existe em Portugal. A seleção é feita através de um inquérito nacional, com nomeações diretas pela população de modo a identificar os ícones nacionais mais relevantes para os portugueses ao nível de elementos culturais; recursos naturais; monumentos e património; aldeias, vilas e cidades; gastronomia e produtos naturais e típicos do nosso país. Na edição deste ano participaram mais de 425.000 portugueses, quase mais 80 mil do que em 2021

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.