Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021

Especialistas da UTAD preocupados com “podas camarárias” na cidade

Alertam a autarquia para “não efetuar podas que são tecnicamente incorretas”, como aconteceu na zona da Estação

-PUB-

Numa carta aberta à Câmara Municipal de Vila Real, o Conselho do Departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagista (CIFAP) da UTAD mostrou a sua preocupação com as podas e cortes de árvores efetuadas durante as obras no Jardim da Estação.

Na missiva pode ler-se que a CIFAP vê “com preocupação o corte de raízes, a impermeabilização e compactação do solo, que ocorrem no Jardim da Estação”. Segundo os especialistas “estas práticas implicam graves danos sobre o sistema radicular das árvores daquele espaço, nomeadamente as tílias e os plátanos”.

Os investigadores da UTAD consideram que a intervenção levada a cabo pela autarquia “causou traumatismos às raízes (por valas, aterros, desaterros, compactação, impermeabilização), criando portas de entrada para

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.