Quinta-feira, 20 de Junho de 2024
No menu items!

“Fazer o bem sem olhar a quem”

A Misericórdia de Vila Real é “detentora de importante ação social que desenvolve no concelho de Vila Real, missão inspirada nas Obras de Misericórdia”, que podem ser recordadas visitando os painéis expostos no átrio da entrada do edifício da provedoria.

-PUB-

“Fazer o bem sem olhar a quem” é um dos lemas da instituição, fundada no início do século XVI, e que, acolhe e presta serviços a centenas de pessoas, através das várias respostas sociais: Creche, Jardim de Infância, Florinhas da Neve, Centro de Apoio à Vida, Apoio Domiciliário, Lares Residenciais, Unidade de Cuidados Continuados e Cantina Social.

“Além das pessoas que acolhe nas diferentes respostas sociais, a Misericórdia Vila Real faz um esforço muito significativo para conseguir acomodar atempadamente e  pagar a tempo os salários de mais de 200 colaboradores”, afirma o provedor, Vítor Santos, indicando que os gastos com o pessoal “rondam, anualmente, os 3,5 milhões de euros, numa altura em que escasseiam os apoios do Estado e dos privados (beneméritos, doações)”. “As Santas Casas viviam muito de donativos , mas hoje são em menor número e, por isso, enfrentam dificuldades acrescidas”, frisa. Ainda assim, “colocamos o coração em tudo o que fazemos e o nosso objetivo é servir as pessoas e famílias com qualidade e generosidade”, vinca”.

Santa Casa de Vila Real

Entre as valências disponíveis há uma que se destaca pelo facto de ser a única que não possui acordo de cooperação. O Lar Hotel, inaugurado em junho de 2003, está instalado no antigo edifício que serviu de Hospital Distrital de Vila Real e tem capacidade para acolher 40 idosos, com 10 quartos individuais, 11 quartos duplos e quatro suites. “Esta é a única resposta da Misericórdia Vila Real em que os residentes pagam o valor em função da tipologia do aposento negociado e o seu grau de dependência. Todas as restantes têm acordos de cooperação com os ministérios da Segurança Social, Educação e Saúde”, indica o provedor, salientando que, diariamente, “são servidas mais de 1.500 refeições”.

 

A intervenção da Misericórdia de Vila Real é realizada na comunidade nas áreas da educação, saúde, assistência e na valorização do património cultural, sempre a pensar na sustentabilidade da instituição e nos múltiplos desafios que se lhe colocam  como “a pobreza, o envelhecimento, o isolamento, as necessidades de saúde, fenómenos migratórios, desemprego, conflitos entre nações e as suas implicações no custo das matérias-primas”.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS