Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021

Federação de Baldios acusa Governo de não cumprir contrato assinado em 2019

A Federação Nacional dos Baldios (Baladi) acusa o Governo e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) de não estarem a cumprir o protocolo assinado em fevereiro do ano passado, em Vila Pouca de Aguiar, onde marcou presença o primeiro-ministro, António Costa, e o ex-ministro da Agricultura, Capoulas Santos. 

-PUB-

Na altura, foram assinados contratos-programa para a constituição de 20 Agrupamentos de Baldios, entre o ICNF, em representação do Estado, a Baladi e a Forestis – Associação Florestal de Portugal, com o objetivo apoiar a criação de Agrupamentos de Baldios, envolvendo um financiamento de 3,6 milhões de euros ao longo de três anos, assegurado pelo Fundo Florestal Permanente. 

Em comunicado, a Baladi revela que o ICNF e o Estado “não estão a cumprir os contratos-programa assinados, o que leva a Baladi e os seus Agrupamentos de Baldios estar já, desde maio, com salários em atraso, depois do envio do pedido de pagamento relativamente a este projeto”.

Apesar do “incumprimento”, a Federação de Baldios garante que “tem estado

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.