Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Feriu e sequestrou idosa para roubar ouro e uma arma

Uma mulher, de 68 anos, foi agredida e sequestrada dentro da sua própria casa, na localidade de Agrelos, concelho de Boticas, durante um roubo à mão armada levado a cabo na manhã do dia quatro por um homem que acabou por ser detido duas horas depois.

-PUB-

Segundo fonte do Comando Territorial de Vila Real da Guarda Nacional Republicana (GNR), a idosa foi primeiro ferida com uma arma branca, tendo sido depois trancada dentro de um armário enquanto o indivíduo percorreu os vários compartimentos da habitação.

O autor do roubo, que usava capuz na altura do crime, “subtraiu vários objectos em ouro, uma arma de caça e dinheiro” da casa da sexagenária, revelou a Guarda.

Pouco antes das 12h00, o Posto Territorial de Boticas, em conjunto com o Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Chaves, “efectuou várias diligências, onde localizou o autor do roubo, o qual foi detido na posse da caçadeira, do capuz e da faca utilizada, tratando-se de um indivíduo do sexo masculino, maior e natural do concelho de Boticas”.

Na sequência de buscas à residência do autor do crime, a GNR recuperou todos os objectos roubados à vítima, e ainda outros objectos que dizem respeito a furtos em outras três residências daquele concelho.

O detido foi presente ontem, pelas 14h00, no Tribunal Judicial da Comarca de Boticas, não tendo sido possível ao Nosso Jornal saber, antes da hora de fecho desta edição, a medida de coação aplicada.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.